28 de dez de 2012

As cores da virada


Há cerca de uma semana começou uma discussão sobre qual cor usar no réveillon  ou melhor, qual cor de calcinha usar, já que era inadmissível não usar branco nas outras peças.
Como se fosse fácil usar uma calcinha colorida sob uma roupa branca!
Eu pensei logo numa calcinha colorida porque não quero ir de amarelo ser uma mulher cheia de dinheiro tendo que contratar garotos de programa para me fazerem companhia no sábado a noite. Eu já quis isso, mas eu tinha 16 anos e muita coisa mudou desde então.
Não quero ir de vermelho e me envolver numa paixão avassaladora com prazo de validade, e ter que usar vermelho outra vez na próxima virada.
Cor de rosa? Também não, se não me serve dinheiro sem cia, também não quero o amor numa cabana, em 3 meses ou menos estaria tudo acabado em discussões do tipo quem vai pagar o que, ou quem tem mais direito que!
Branco é uma cor que não gosto muito, na verdade não gosto nenhum pouco, primeiro que todo reveillon chove,e não faço o tipo gata molhada,  eu sei, estou generalizando e vai aparecer um monte de gente me postando fotos de uma dezena de viradas sem chuva. Suponhamos que a previsão do tempo erre esse ano e não tenha chuva, sempre que estouram as champanhes eu tomo um banho, sempre, sempre eu fico mais suja que criança em festa de aniversário, mesmo que eu fique imóvel. E digo mais, já me vesti de branco, e meus anos não chegaram nem perto da paz.
Dizem que o preto da poder e confesso que uso as vezes, ainda não sei se vai ser assim este ano.
Dourado e Prata, por mais que tragam brilho, destaque, "good vibrations",  eu não arrisco apesar de ter algo usável.
Azul, verde, lilás, e qualquer outra cor, eu não uso nem durante o ano, não seria agora que eu usaria. Faltou a cor da saúde, eu acho que isso só um bom médico, uma alimentação equilibrada e exercícios físicos podem garantir, mas esse já é outro assunto o das resoluções de ano novo.
O importante é que nada garante nada, nenhuma cor vai te trazer coisa alguma se você não estiver bem, não estiver preparada para o novo, para encarar os desafios, e ultrapassar barreiras.
Cores, comidas, rituais são apenas muletas que nos apoiam e nos fazem pensar durante o ano : "Eu fiz isso no reveillon pra garantir aquilo pra mim agora, e isso vai ser meu, tem a obrigação de ser" Nem preciso dizer que esse pensamento por si só já nos faz sair do lugar. O que falta? Porque ainda não é?
Eu costumo dizer que o que faço na noite da virada se repete muitas vezes no meu ano e acaba sendo uma constante. Claro, só da sequencia na energia que eu estava produzindo há dias. Ninguém sofre na noite da virada poque quer, é apenas consequência e se é grave a ponto de te fazer chorar, não vai se resolver numa noite, nem ser esquecido, vai te fazer sofrer e chorar até que se resolva ou nossa cabeça preconceituosa e problemática possa diluir . O contrário também é verdadeiro.
Por isso faça de conta que não leu nada disso e acredite no que te faz bem, no que te traz felicidade, isso é o que importa, o resto deixa pra resolver no ano que vem.

16 de out de 2012

Foundue de Cupcake

Eu não sei se todos vocês conhecem o Pinterest , eu sei que deveriam passar lá e dar uma olhada, é uma rede social onde você pode guardar, muito organizadamente tudo o que você gosta pela rede, quando você pina alguma imagem, ela fica na sua página e quando seus seguidores se interessam em saber sobre a imagem, ao clicar em cima, é direcionado para o site ou blog de origem, logo todos os devidos créditos são mantidos.
Se eu falei alguma besteira, por favor, me corrijam, é assim que o vejo, mas pode corrigir que eu edito a postagem.
Eu até evito de abrir o pinterest quando estou trabalhando, porque passo horas viajando e como a grande parte dos usuários são de fora, já me peguei traduzindo postagens em alemão, é bacana, me sinto tão globalizada!
A postagem de hoje eu encontrei por lá, e gostei por dois motivos, primeiro porque eu amo foundue, e por incrível que pareça ainda não tenho a panelinha, então vivo inventando moda pra fazer em casa. E segundo porque é com cupcakes, achei uma ideia legal pra quem quer reunir poucas pessoas, comer e jogar conversa fora, sem ter que ficar horas na cozinha.
A brincadeira consiste em mergulhar os bolinhos em doces e coberturas, espalhar confeitos e claro, comer.
As fotos são auto explicativas, mas eu vou dando mais ideias.

A sugestão é fazer tudo bem colorido, o que nem é difícil, inda mais se você sempre faz festinhas em casa e tem de tudo sobrando no armário, aqui sempre tem pacote de garfinhos, guardanapos e  badejinhas coloridas, nem preciso falar dos confeitos, tudo bem é meu trabalho, mas tem embalagens pequenas, da pra comprar bem variado.

Há uma infinidade de itens que podem ser utilizados, inclusive brincar com cupcakes salgados, ou nem se quer usar os cupcakes, servir o fondue tradicional de uma maneira diferente.
Para essa sugestão você vai precisar de:
Garfinhos, ou espetinhos
Mini Cupcakes
Coberturas como marshmalow, brigadeiro, doce de leite
Confeitos como confete, granulado, castanhas etc
Utilize uma forma de cupcakes para distribuir os recheios e confeitos


Sempre brinco assim com as crianças, não tão organizadamente, estou pensando até em usar uma toalha e caneta com tinta permanente (de tecido) para facilitar a brincadeira.

A postagem original é daqui  e também é encontrada lá no meu pinterest, ah, lá também está minha lista de chá de casa nova., ainda estou definindo a data, ainda é difícil conciliar trabalho com o resto da minha vida, se deixar só trabalho, mas eu pedi pra quem for dar um presente, deixar um comentário embaixo da imagem, pra que não seja repetido. E pra quem for comprar on line, é só me pedir o endereço por e mail, muito embora eu gostaria de reunir todos amigos aqui no meu novo apertamento alugado, quem sabe não rola um foundue de cupcake?!?

10 de out de 2012

Cookies de Chocolate e Aveia


Que eu adoro cookies acho que todos já sabem, só faltava um jeitinho de deixá lo mais saudáveis, de tirar um pouco o peso, nem que seja da consciência. Foi então que eu lembrei dos cookies de aveia, nada impede de fazer um bom cookie com aveia, açúcar mascavo e rechear com gotas de chocolate de boa qualidade.  Mas se eles podem ser de chocolate, com aveia e mais as gotas de chocolate melhor ainda.
Não foi a primeira vez que preparei esses cookies, da outra vez adicionei avelãs picadas a massa, para deixar ainda mais saudável, eu só me lembro que essas sementes oleaginosas tem a ver com índice glicêmico, o que não vem ao caso agora, vai por mim, eu só posso garantir que é bom.
Na semana passada chegou minha batedeira nova, ainda não foi a batedeira dos sonhos, mas é a que vai me ajudar a sobreviver e continuar sonhando, já que a minha antiga quebrou em serviço e claro que o sócio explorador comprou outra, pra ele, isso que é parceria boa, um trabalha e outro ganha.
Mas vamos falar de coisa boa, vamos voltar aos cookies, porque comer cookie é bom!!!
Já inaugurei a batedeira com a receita e se eu fosse você dava um jeitinho de fazer fazer também e colocar mais saúde e felicidade no seu dia!


Cookies de Chocolate com Aveia
Receita copiada do Simplesmente Delicia 

Ingredientes -
1 1/2 copo de farinha de trigo
1/2 copo de cacau em pó
1 colher de chá de bicarbonato
1/2 colher de chá de sal
200 g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
1 copo de açúcar
1 colher de chá de essência de baunilha
1 ovo
6 colheres de sopa de flocos de aveia
1 copo de chocolate meio amargo picado

Modo de Preparo:


  • 1. Pré-aquecer o forno a 180 graus por 10 minutos. Forrar um tabuleiro com papel manteiga. Usei formas para cookies que comprei numa rede de supermercado por um precinho muito camarada, não grudaram, mas ainda não decidi se as formas são boas ou não.
  • 2. Numa vasilha, misturar a farinha, o cacau peneirado, o bicarbonato e o sal. Reservar.
  • 3. Na batedeira elétrica, bater a manteiga e o açúcar. Adicionar baunilha e continuar batendo por 5 minutos. Adicionar o ovo e bater por mais 1 minuto.
  • 4. Diminuir a velocidade da batedeira e cuidadosamente acrescentar os ingredientes secos; misturar até formar uma massa homogênea (não misturar demais para não ativar o glúten e endurecer a massa).
  • 5. Adicionar a aveia e o chocolate picado. Misturar bem com a espátula.
  • 6. Fazer bolinhas de aproximadamente 4 centímetros e pôr no tabuleiro bem espaçadas (são uns 3 tabuleiros grandes para essa quantidade de massa).
  • 7. Levar ao forno por 14 minutos.
  • 8. Retirar e deixar esfriar 5 minutos antes de pôr os cookies em uma grelha para acabar de esfriar - isso se não forem devorados antes! Como eu estava sem as minhas grelhas, eles esfriaram na forma, e da uma diferença grande não esfriar corretamente.
  • 9. Deixar o tabuleiro esfriar completamente antes de reusá-lo para outra leva de biscoitos.





Como as fotos indicam, eu não distribui a massa na forma de maneira correta, alguns ficaram deformados, o que não impediu de serem devorados ainda quente, da uma olhada no chocolate derretendo!

1 de out de 2012

Bolo Social


Depois de muito tempo tentando consegui finalmente me livrar da vida de escrava, estava há mais de um ano sem folgas, produzindo muito e ganhando trocados, também, não existem parcerias honestas com pessoas de má índole, e quando fui perceber a falta de caráter do meu sócio era um pouco tarde. Ele se aproveitou do fato de eu não ter família e me explorou o quanto pode, sabia que mesmo sendo micharia o que ele me pagava eu precisava do dinheiro para sobreviver e me segurou e ainda segura na empresa meus utensílios na tentativa de ganhar mais um pouco as minhas custas. Nada que um bom advogado não de jeito.
Agora preciso voltar a trabalhar urgentemente, se tudo der certo não quero trabalhar em parceria com mais ninguém, sei trabalhar, vou investindo um pouco em cada encomenda até ter meu ateliê.
Agora volto a aceitar encomendas de bolos, doces e cupcakes, estou criando um site em parceria com a Nana do Manga com Pimenta e de um amigo o Alex Moreno do Tatu do bem ? para divulgar meu trabalho. Estou investindo em festas personalizadas, então se você precisa de docinhos e/ou bolos para sua festa é só entrar em contato para fazermos um orçamento.
Agora se você precisa de um site ou blog, é só procurar a Nana .
Esse bolo foi o primeiro que fiz depois da minha alforria, foi feito meio no susto, mas deu tudo certo, tínhamos combinado uma data e precisou ser antecipado.
Utilizei uma massa amanteigada e recheio de beijinho, decorei com pasta americana. Não tem como não curtir uma festa com um bolo assim!!!


21 de set de 2012

Pudim de Leite Condensado


Não sou e nunca fui a maior fã de pudim, mas quando um filho pede é uma ordem, eu faço mesmo.
No domingo agora está virando moda caprichar na refeição, caprichar em termos, de preferencia jogar tudo no forno e não ficar mais que uma hora na cozinha, um dia de folga é sempre bem vindo.
A sobremesa escolhida foi o pudim, eu não consigo lembrar de sobremesa mais rápida.
O maior trabalho e cuidado é com a parte de caramelizar a forma, eu coloco 1 xícara de açúcar na forma, espalho e levo ao fogo, segurando com luvas e espalhando com uma colher de pau, quando todo açúcar estiver caramelado, espalho melhor, pois ele vai esfriando e fixando nas paredes da forma, deixando todo o pudim bem envolvido na calda e muito douradinho.
Como eu precisava de uma receita grande, apenas uma lata de leite condensado não iria resolver, fiz logo duas, com um pouco de medo de transbordar no liquidificador mas deu tudo certo.


Pudim de Leite Condensado
1 xícara chá rasa de açúcar ( para muita calda)
4 ovos
2 latas de leite condensado
2 medidas de leite integral

Modo de Preparo:
Caramelize a forma com o açúcar, reserve.
Bata os outros ingredientes no liquidificador, despeje na forma caramelizada e leve para assar em banho- maria, a 200°.

Rende um pudim tamanho família gulosa, que come e repete.

Essa receita também vai para o caderno de receitas da família!

11 de set de 2012

Rabanada de Forno ou Pudim de Pão ou Chame como Quiser


Há tempos faço sempre a mesma receita de pudim de pão, bate o pão no liquidificador com leite quente, ovos, açúcar, raspas de limão e forno em forma caramelizada em banho maria no chão do forno.
Mas eu já botei tudo o que tenho em caixas para a mudança, inclusive o liquidificador.
Não sei na sua casa, mas aqui tem um mistério com os pães, se eu compro muitos, ninguém quer, preferem biscoitos, fazem jejum, comem na rua, seu eu não compro ou compro pouco, todos resolvem que aquele é o melhor pão do mundo e ficam querendo mais.
Os que sobram, ou esquento no outro dia e como no café da manhã, ou viram bruschetas, pudim, muito raramente, rabanadas nem pensar, evito fazer frituras em casa, algumas vezes o pão acaba mofando no armário, infelizmente.
Antes que esse mofasse encontrei algumas receitas diferentes, graças a uma amiga no facebook, que me enviou lá de Portugal algumas opções.
Dei uma adaptada e botei tudo no forno, o resultado foi esse:



A receita é bem simples:

Rabanada de forno

4 pães amanhecidos
1 litro de leite
1 lata de leite condensado
4 ovos
1 colher de sopa de baunilha
2 colheres de sopa de amido de milho
manteiga para untar
1 xícara de açúcar com canela a gosto para polvilhar

Modo de preparo:
Unte bem a forma com manteiga, polvilhe metade do açúcar com canela, Coloque os pedaços de pão espalhados pela forma. Numa tigela com o auxílio de um batedor, misture o leite, o leite condensado, os ovos, a baunilha e o amido, despeje essa mistura sobre as fatias de pães e polvilhe o restante do açúcar. Leve ao forno médio por aproximadamente 40 minutos.

O perfume da baunilha e da canela invadiram a casa, forma uma casquinha crocante que lembra muito a rabanada, muito saboroso.

Não vejo a hora de seguir a sugestão e fazer com croissants e creme de leite ...


7 de set de 2012

Bolo de kit kat


Minha vida e a de todos, eu acho, segue em ciclos e ao que tudo indica, estou voltando para o ciclo dos bolos. Sempre gostei de fazer e modéstia a parte, até faço direitinho.
Esse foi a pedido do Cadu, meu filho do meio, que me fez comprar uma caixa de kit kat e comer quase tudo, que até faltou para o bolo, quando estava quase pronto precisei sair para comprar mais uma barrinha.
Postei a foto no facebook e fez tanto sucesso que resolvi postar aqui também, já que ainda estou na fase de transição de blogs, de emprego, de casa, de vida...
Meu perfil do face acabou se tornando toda a fonte de informação sobre o que eu ando fazendo, mas não mata minha vontade de blogar e nem é tão fácil de localizar uma receita, caso eu poste junto com a foto a receita e modo de preparo.
Como disse estou voltando a fazer bolos, pegar encomendas, preparando festas, voltando ao que eu fazia.
Finalmente encontrei meu apartamento, e em breve, muito breve estarei de mudança, com a cara e a coragem, sem panelas e sofá.
Nada que o trabalhe não me ajude a conquistar, se me levantei depois que tudo o que passei, vou continuar de pé e subindo cada vez mais, isso não resta duvidas, porque posso ter muitos defeitos, mas não sou preguiçosa, nem desleixada, me empenho no que faço.
Não foi diferente com esse bolo, demorei pra fazer, mas só fiz quando estava com tempo para fazer bem feito.

Basicamente é um bolo alto de chocolate, pode usar qualquer receita de bolo que possa ser recheado, vou deixar uma de sugestão.

Bolo de Chocolate:

4 ovos
2 xícaras chá de açúcar
2 e 1/2 xícaras de farinha de trigo
1 xícara de chocolate em pó
1 colher de sopa de fermento em pó
1/2 xícara chá de óleo
1 xícara chá de leite

Modo de Preparo:
Na tigela da batedeira coloque o açúcar e os ovos e deixe bater até ficar fofo e esbranquiçado.
Enquanto isso peneire os ingredientes secos num recipiente, e junte os líquidos em outro.
Acrescente a mistura de farinha e os líquidos alternadamente sobre os ovos batidos.
Misture bem e despeje em forma untada.
Leve para assar em forno médio, até que espetando o palito este saia seco, demora um pouco, mais ou menos 40 minutos, depende muito do forno, porque se trata de um bolo alto.
Retire do forno, deixe esfriar, nivele, corte em fatias e comece a montagem com o recheio também já frio.
Eu prefiro montar na forma, molhar bem, tem quem prefira montar no prato em que vai ser servido, também da certo.
O recheio também pode variar bastante, brigadeiro é sempre a primeira opção, para esse bolo fiz uma receita com 5 latas de leite condensado, o bolo tem que ficar bem alto e bem recheado. Não mais alto que os palitinhos de chocolate.
Sem contar que o brigadeiro do recheio também vai para a cobertura, pois sem essa melequinha em volta os palitinhos de kit kat vão cair, porque a fita só fica mesmo para a foto.

Use uma calda neutra para quebrar a doçura do bolo, ou só leite mesmo, da um ótimo resultado, leite de caixinha, que tem uma boa durabilidade.

Para uma forma de 23cm de diâmetro, eu usei pelo menos 250g de confete e 12 pacotes exatos de kit kat
Separe os palitinhos para colar na lateral.
Espalhe os confetes sobre a superfície do bolo.
Arremate com uma fita.
Use a criatividade, já vi esse bolo com tubetes, e coberto com morangos, bombons, confetes de coração, as possibilidades são muitas.





1 de set de 2012

Panquecas Tradicionais

Ou Basic Vanilla Pancakes
Sim, é uma receita para o café da manhã.
Desde não sei quando procuro por uma receita de panquecas para o café da manhã, com cheirinho de baunilha, que fiquem redondinhas, fofinhas, que tenham sabor de "bom dia", eis que no final de semana passado eu encontrei, são mais que perfeitas, foi amor a primeira vista, copiadas do blog de receitas do caldeirão da bruxa solar.
Mais que postar aqui, essa receita vai para o meu único caderno de receitas que ainda tenho, comecei a fazer tem uns 2 anos e será minha herança para os meninos, só com receitas testadas, aprovadas e repetidas.
Esses dias encontrei um caderno de receitas da minha mãe, da década de 70, muita coisa copiada e nunca testada, só arranquei uma folha e guardei, que foi a primeira receita de bolo que eu peguei, aos 9 anos, ou melhor, aos 8. Um dia antes do meu aniversário, preparei e levei pra escola, e quando cheguei em casa fiz outra vez e comemos quente, foi um aniversário inesquecível.


Essa também vai para o caderno de receitas.
É o melhor que posso deixar para os meus filhos, boas memórias,  grandes experiencias!
Quer melhor lembrança que um café da manhã com panquecas como estas?



Basic Vanilla Pancakes

1 xícara (chá) de farinha de trigo
2 colheres (sopa) de açúcar
2 colheres (chá) de fermento químico
1 colher de (chá) de sal
1 xícara (chá) de leite 
2 colheres (sopa) de manteiga derretida
1 ovo grande
1 colher (café) de baunilha (uso açúcar vanile)
manteiga para fritar


Ligue o forno para ir colocando as panquecas à medida que vão ficando prontas para não esfriarem.


Em um recipiente, bata o ovo com um fouet, acrescente o leite, a manteiga derretida e a baunilha. Mexa até homogeneizar. Junte agora os ingredientes secos: a farinha, o açúcar e o fermento. Misture sem bater.


Aqueça uma frigideira anti aderente com um poquinho de manteiga. Coloque uma concha pequena de massa por vez. Não esparrame, essa panqueca é para ficar mais alta. Se precisar dar forma, utilize as costas de uma colher.


Frite cada lado até aparecerem bolhas na superfície. Fique sempre atento para não queimar por fora e a massa ficar crua. Para virar, use uma espátula. Assim que estiver pronta, coloque em um refratário e leve ao forno para mantê-las quentes. Repita a operação até terminar a massa. Se quiser um número maior de panquecas, faça discos de diâmetros menores.


Sirva com a cobertura que preferir: mel, manteiga, maple syrup (xarope de bordo) ou geleias e afins.
Usei geleia de maçã caseira, que sempre preparo para uma emergência e aproveitar maçãs.

Podem ter certeza que essa panqueca vai estar por um bom tempo no nosso café de domingo!



26 de ago de 2012

Docinhos Modelados

Já tem um tempo que gosto de fazer esses docinhos, agora então surgiu a oportunidade de trabalhar com eles, fazer para decorar docinhos e cupcakes e enviar para todo o Brasil, tudo muito bem embalado e protegido, para chegar ao remetente no dia seguinte.
Ainda estou em fase de testes, fazendo pequenas viagens, mas já da pra saber que vai dar super certo. Agora é só soltar a imaginação  e  trabalhar!








Esses são de pasta americana, mas também da para serem feitos em pasta de leite em pó, qualquer duvida, encomendas, só deixar um comentário.

2 de ago de 2012

Bolo de Fubá

Passei grande parte da minha vida sem conseguir fazer um bolo de fubá decente, dia desses procurando na internet achei uma receita que parecia fácil demais para dar certo, mas as outras eu já havia tentado e não gostava do resultado, com muito receio depois de pesar prós e contras lá fui eu para a cozinha com a receita rabiscada num caderninho.
Fiz.


Sem duvidas foi o melhor bolo de fubá que fiz na vida.

Pode confiar na receita, não dá trabalho, custa pouco e da super certo.

Bolo de Fubá
4 ovos
2 xícaras chá de açúcar
1/2 xícara chá de óleo
1 xícara chá de farinha de trigo
1 xícara chá de fubá
1 xícara chá de leite fervente
1 colher de sopa de fermento em pó

Modo de Preparo:

Peneire a farinha, o fubá e o fermento, reserve.
Ferva o leite.
Na tigela da batedeira deixe bater os ovos e o açúcar até formar um creme fofo, adicione o óleo aos poucos, sempre batendo, junte os ingredientes secos delicadamente e por ultimo o leite, termine de misturar. Eu adicionei erva doce no leite para dar mais sabor e porque eu gosto muito.
Despeje em forma untada e enfarinhada e leve ao forno em 180° por mais ou menos 30 minutos.

Não estava na receita, mas a louca aqui adora botar cobertura e recheio em tudo (formiga mode on)  então pequei um limão tirei o suco e misturei açúcar de confeiteiro e erva doce, juntei um pouco de água, duas ou três colheres, tem que ficar uma papinha de açúcar e espalhei sobre o bolo ainda quente, sim eu desenformo bolos quentes, gosto do perigo, as vezes da certo, algumas não!


Sei que ando sumida e tenho vários motivos pra isso, ando procurando casa para alugar, planejando meu novo blog que já está no ar - Kitchen Office , estudando e trabalhando dobrado, acredito que todo esforço vai valer a pena.




28 de jun de 2012

Tostex de banana e chocolate

Quer uma dose extra de serotonina?
Uma quantia estupidamente deliciosa de chocolate no seu dia?
Uma fruta só por desencargo de consciência?
Vem comigo!


Isso que dá ficar sozinha em casa e não ter juízo:

Peguei duas fatias de pão integral, que eram destinados a uma reeducação alimentar, que não começou hoje, passei creme de avelã nas duas fatias, cortei uma banana no comprimento, polvilhei canela e botei no tostex, aí foi só o tempo da luz acender e fazer as fotos.
Aí que alegria!!!
Minha nutricionista vai me matar, sim, porque agora além de ser uma, eu tenho uma, ta certo que é uma amiga de longa data, que só vai me puxar a orelha...

Eu sei que esse blog está meio abandonado, é porque além de trabalho, estudo, tem blog novo por aí, não sei se vai ter tanta gordice quanto este, só sei que falta pouco, acho que vocês vão gostar.



14 de mai de 2012

Danette Genérico


Tem um bom tempo que quero preparar essa receita, testar, mas graças a minha resistência a tudo que vai amido e gelatina, perdi uma eternidade de danette a vontade! Porque só da vontade de repetir quando a gente compra aquele minimo potinho? Porque agora com quase um litro de danette na geladeira não sinto vontade???

Ao menos sei que daqui pra frente vou comprar cada vez menos itens industrializados, já faço o danoninho, agora o danette, iogurte natural, só me falta o flan, aceito sugestões e receitas.

Estou numa fase de grande economia, tanto que se tivesse um cachorro teria que abrir mão dele e começar a latir também.
Não é segredo pra ninguém que desde que saí de casa, há 3 anos perdi tudo e ainda não consegui recuperar, ainda pago dividas do divórcio, e moro aqui e ali, sendo praticamente escravizada pra poder manter meu abrigo, apertado e sem privacidade, chega disso, resolvi estudar muito e apertar o cinto, mudar tudo.
Não tenho medo de mudanças, tenho medo de ficar tudo igual, nessa mesmice e cansaço desnecessário, esse é um dos motivos que talvez essa seja a ultima postagem do blog, tudo indica que o Eu sei disso encerra uma fase.

Ainda não sei se acabou ou é uma transição, estou descontente com o ritmo quase nulo de postagens, com fotos sem graça, sem cor, desinteressantes, me irrito com a falta de utensílios na cozinha que conseguem fazer uma simples batata rosti se tornar um pesadelo, fico andando em ciclo, não invisto porque não tenho casa, não tenho casa porque não invisto.
Plano é o que não me falta, só preciso de um tempinho, algumas pesquisas e um pouco mais de empenho, talvez nem seja empenho, meu dia tem andado muito cheio, é o trabalho, estudos, filhos, mais trabalho, e quase nem tenho dormido, me alimento mal e gasto onde poderia economizar se tivesse um pouquinho mais de planejamento. Cortar o blog nesse momento faz parte de uma economia de tempo, não basta só poupar dinheiro, quero deitar pra dormir sem ficar planejando o que fazer pra postar e mais que isso, quero passar minhas tardes sem me frustrar porque não deu pra comprar a tal frigideira e as fotos do prato ficaram péssimas porque a luz da sala é muito fraca.
Se rolar algo legal que eu veja que vale a pena postar, eu volto, senão, não!!!
Continuo tentando responder as duvidas, é só comentar no post que eu recebo comentários por e mail e respondo tão logo tenha um tempo.
Eita que eu desandei a falar e não postei a receita, também dá um trabalhão que cansa só de ler (mentira).

Danette

1 litro de leite
5 colheres de sopa de amido de milho
6 colheres de sopa de chocolate em pó (prefiro cacau)
1 lata de leite condensado (usei uma lata de doce de de leite com chocolate)*
1 gema peneirada
1 caixinha (200g) de creme de leite


Modo de Preparo:
Leve ao fogo numa panela grande o leite, o leite condensado, o amido, a gema e o chocolate em pó. Continue mexendo sempre até cozinhar bem, deixe esfriar. Acrescente o creme de leite depois de frio.
Se ficar gruminhos bata na batedeira.
Leve para gelar.
Como não posso ter vidros na cozinha e haja potinhos plásticos, fiz casquinhas de chocolate para servir o danette.
Fica igualzinho!
*Comprei doce de leite para fazer um bolo e veio com chocolate, aproveitei e usei pra substituir o leite condensado na receita, e diminui um pouco o chocolate em pó.
Espero que gostem e façam economia!!!
Por enquanto estarei no facebook, falando bobeira e postando fotos de comida - https://www.facebook.com/sandra.peres.10

Até...





30 de abr de 2012

Risoto de Pera, Brie e Rúcula



Eu fico sempre esperando alguém pra dividir minhas vontades gastronômicas, mas nem sempre encontro, os meninos torcem o nariz pra tudo, e a vida corrida acaba por não ajustar os ponteiros com os amigos, o jeito é fazer e aproveitar forever alone, e olha que não é por falta de convite, até divulgar as fotos no facebook eu divulgo pra ver se as lombrigas atacam e alguém se prontifica!!!
Mas não adianta matar a cobra e não mostrar o pau, já divulguei imagens do prato feito, nada mais justo que ensinar a fazer, vai que você tem mais sorte e tem alguém pra dividir...
Risoto é tão simples que até os homens conseguem fazer, porque então não param de postar fotos com texto "Neste inverno, adote um solteiro" e façam uma surpresinha com um vinho, boas musicas, e seu inverno estará aquecido!!!  Eu garanto!


Risoto de Pera, Brie e Rúcula

2 colheres de azeite
1/2 cebola picadinha
3/4 de xícara chá de arroz arbóreo
75ml de vinho branco seco
500ml de caldo de legumes
(usei de cubinho)
1 pera sem casa em cubos
100grs de brie em lascas
50grs de manteiga
salsinha

Modo de Preparo:
Em uma panela prepare o caldo de legumes, deixe ferver, numa outra panela mais baixa, eu sempre uso a wok, porque é boa e por falta de opção também,  despeje o azeite, refogue a cebola, o arroz, junte o vinho, deixe evaporar e comece a juntar o caldo, sempre esperando secar antes da próxima adição e mexendo sempre, quando adicionar a ultima porção de caldo, acrescente a pera e o queijo, espere terminar o cozimento, acerte o sal, junte a salsinha e a manteiga, usei salsinha desidratada, eu estou uma vergonha!
Arrume no prato, disponha sobre folhas de rúcula, juro que se não fosse a fome teria decorado melhor o prato, fiz as fotos já desmaiando de fome .
Ainda deu tempo de espalhar mais umas lascas do queijo sobre o risoto, pra mais queijo sempre da se um jeito!!!


Usei o queijo brie da Tirolez, que sempre me inspira a preparar receitas diferentes, pra saber mais sobre o queijo é só acessar o site da Tirolez 

Hoje é o ultimo dia pra participar do sorteio do mascote Tirolez, passa lá na postagem, deixe seu nome e e mail que ainda hoje sai o resultado!!

21 de abr de 2012

Arroz de forno em 30 minutos


Eu entrei mesmo na vibe de preparar uma refeição completa em 30 minutos, culpa do Jamie Oliver, é claro que minha preparação não chega no chinelinho dele, logo eu chego lá se o tempo parar de correr contra mim.
Esse arroz de forno, porque risoto é outra coisa, nem foi pro forno, e nem tinha arroz pronto, fiz no microondas por falta de panela mesmo, enquanto o arroz cozinhava no microondas peguei alguns filés de frango que estavam na geladeira, cortei em cubinhos, e temperei com todos aqueles temperinhos pronto que existem, ervas, não caldos, tudo desidratado, na hora da correria da uma grande ajuda. Deixei refogar bem e fui juntando milho, ervilha e cenoura ralada, o resto de azeitona que estava na geladeira, um sachê de molho de tomate, deixei tudo ferver, e o arroz ficou pronto, uma xícara de arroz, para duas de água e 16 minutos na potencia alta, tampado. Despejei todo arroz no molho, juntei cubos de queijo prato, misturei bem, cobri com mussarela ralada Tirolez  abaixei bem o fogo e tampei a panela, passado dois minutos, polvilhei orégano e reguei com azeite. Respirei!!! foram 28 minutos no total, tudo isso degustando uma taça de vinho tinto, eu sei que frango é carne branca que pede vinho branco, mas é o vinho tinto que é recomendado uma taça diária pra que mesmo???

Eu só lembro que os meninos comeram tudo,  e nem brigaram pelo queijo, afinal era o que mais tinha, estou criando uma família de queijólatras !!!
Estou treinando para em breve fazer uma refeição completa, com sobremesa inclusive, será???

O sorteio do mascote Tirolez ainda está rolando, passa lá, deixa o nome, email e cidade pra concorrer também

11 de abr de 2012

Promoção Mascote Tirolez


Durante o mês de abril vamos sortear um mascote da Tirolez, o sorteio será feito as 22hs no dia 30 de abril uma segunda feira, pelo sistema Random.org. Para participar, basta deixar nome, cidade-estado e email, nos comentários desta postagem. Tem que morar no Brasil!!!
Quem divulgar, no twitter ou no facebook ganha uma nova chance de participar, basta comentar outra vez com o link da divulgação.
Para  saber mais sobre a Tirolez pode acessar o Facebook e o Twitter da empresa, que sempre tem dicas boas, como a de hoje falando sobre o mofo no queijo, procurem lá, pois achei uma informação muito útil.

Boa Sorte!!!



E o resultado saiu - Quem ganhou foi :  Luciana Sassarão!!! Parabéns, vou entrar em contato por e mail para pegar seu endereço e encaminhar para a empresa.


2 de abr de 2012

Ovo de Colher - Páscoa




Eu nunca me liguei muito nessas coisas de feriados,  não me importo com os parabéns no aniversário, e agora com as redes sociais, todos os dias tem alguém fazendo aniversário, minha criatividade tem ido pro saco, porque já que é pra dizer parabéns, que seja de forma criativa pra pessoa se sentir especial, não consigo só jogar lá "parabéns", como sofro!!!
Não espero natal pra reunir as pessoas que gosto, meus amigos, porque esses sim são minha família de verdade, também não vou dizer que não  tenho me aproximado muito do meu irmão e vice versa, ele tem me surpreendido com atitudes. Afinal imagem não é nada, atitude é tudo, uma atitude tomada, ou deixada de lado diz muito sobre quem você é e o que pensa, de quem gosta e o que quer da vida.
Da páscoa eu sempre gostei, só pra me acabar no chocolate, minha mãe comprava aquelas barras de um quilo, um monte de castanhas, cereais, e me deixava a vontade na cozinha preparando a sobremesa do domingo, acho que foi nessa época que descobri que preparar a festa é melhor que participar dela.
Como essa brincadeira acabou virando profissão, mal passa o carnaval e já estou pensando na páscoa, os meninos que gostam, tem guloseimas temáticas o ano todo e se em setembro tiverem vontade de ovos de páscoa, lá vai a mãe fazer, com o recheio preferido deles.
Separei algumas sugestões para a páscoa, pra fazer sozinho e presentear, ou para fazer com as crianças, sempre tem uma tarefinha que eles podem participar e se sentirem muito responsáveis pelo prato pronto, só não esqueça de registrar o momentos, as carinhas cheias de chocolate vão até te fazer esquecer que também tem na blusa, no cabelo, no chão, no cachorro...

Vamos começar pela moda da páscoa, o ovo de colher, fica uma delicia, eu sugiro até fazer em porções pequenas, de 100grs por exemplo pra servir como sobremesa no almoço de domingo.

Ele consiste numa casca de chocolate, eu recomendo um bom chocolate e para isso é legal que você conheça as técnicas de temperagem do chocolate, para que ele fique com um brilho bonito e consistência perfeita.

Como temperar o chocolate

Se as crianças forem participar, já entregue para elas o chocolate na temperatura adequada.

Eu gosto muito de trabalhar com aquelas formas de silicone, que é só despejar chocolate até a marca pressionar o silicone e levar para secar.

Como moldar ovos de páscoa


Com a metade da casca em mãos, é só escolher seu doce preferido, brigadeiro, beijinho, bicho de pé, doce de leite,  mousse, ovomaltine cremoso, ou nutella crocante, até mesmo o seu bolo preferido, montando em camadas dentro da casca de chocolate.
Ainda gosto de amolecer e quebrar um pouco o doce de algumas preparações adicionando creme de leite para obter a consistência desejada e o sabor ideal. Finalize com uma casquinha bem fininha de chocolate.
Arrume numa caixinha com uma colher, para que o presenteado já possa degustar o presente na hora.
Não tem erro!!!

A seguir cenas da próxima postagem:



Só aguardando um fotógrafo para registrar o passo a passo!!!


29 de mar de 2012

Vida Organizada? Onde? - Cardápios



Acorda, trabalha, estuda, cuida dos meninos, estuda, trabalha, almoça, opa! almoçar o que??? Todos os dias essa pergunta me aterroriza e nem bem eu decidi o que almoçar hoje, já tenho que começar a pensar no almoço de amanhã, e no sábado? Sábado é minha pseudo folga, porque eu trabalho até as onze e tecnicamente só volto ao trabalho depois das 11 do domingo, trabalho até as 14 horas, bem na hora em que deveria estar almoçando, e retorno ao trabalho depois das 20hs até a meia noite mais ou menos, se não fizesse esse esquema, não teria a tarde livre pra ficar com os meninos. Vão aprendendo isso é a vida de microempresário brasileiro no Brasil. 
Quem pensa que eu aproveito pra dormir até mais tarde se engana, apesar do sono implorar por mais um minuto e meio na cama, eu levanto e vou estudar, pela manhã assimilo mais fácil as informações, ainda pela manhã aproveito pra ir ao supermercado, ainda enquanto as crianças dormem, optei por fazer compras semanais, já que não tenho carro, nem dinheiro para compras mensais, as vezes consigo fazer a compra na quarta, enquanto os meninos estão na escola, aí sim consigo dormir um pouco mais no domingo.
Mas fato é que se eu não deixar o almoço de domingo pré preparado do sábado, só almoçamos lá pelas 17 hs, o que não é de todo ruim hahahahahahahahaha (mãe desnaturada).

Num passado não muito distante, eu fazia um cardápio pra mim e outro para a empresa que eu trabalhava, tudo muito bem pensado e exceto pelo arroz e feijão, não havia repetições de preparações no mês, ia as compras, geralmente algum atacadista, descarregava o carro, e já guardava as compras, principalmente perecíveis, temperados, porcionados e etiquetados, com a preparação a que se destinavam e data da mesma, meu freezer tinha até um mapa, para que facilitasse a organização. 
Será que um dia eu volto a ser assim??? 
Me matriculei num curso de congelamento, assim eu tiro um dia de pseudo folga, preparo tudo e deixo no freezer, pelo menos o cardápio da semana, minha vida renderia mais.
Estava pensando até em congelar porcionado, mas desisti da ideia, aqui não é restaurante, e se eu como carne moída que não gosto, eles também vão ter que se esforçarem e comerem o que os outros gostam, podem até ligar pra avó se quiserem, aqui tem regras!!!
Para o meu alívio, depois de várias tentativas frustradas, encontrei o blog Tomando uma Chávena de Chá, da Alessandra Rigazzo, que está cheio de dicas sobre organização do menu, e por que não da vida!
Gostei das dicas, já comecei a incorpora-las no meu dia, mas o que mais gostei foi não me sentir sozinha com o problema, estava me sentindo uma inútil por não conseguir organizar um diazinho da semana que fosse. Tudo bem que muitas coisas do meu dia fogem do meu controle, mas quando tudo toma conta da minha vida tem algo errado. 
Estava me sentindo uma péssima mãe se não oferecesse arroz e feijão diariamente para os meninos e muito pior por perceber que eles não estão  fazendo todas as refeições como se deve, por exemplo, eles acordam as dez da manhã, porque só dormem quando eu vou para o quarto, nunca querem tomar café da manhã logo que acordam, quando vão comer alguma coisa já é hora de almoçar, então ofereço pão com frios, e suco de frutas, mal terminam de comer e já vão se ajeitar para a escola, pouco mais de meio dia a perua passa, nunca querem levar lanche de casa, querem dinheiro que acaba virando pizza, refrigerante, e um orçamento estourado no fim do mês, quando chegam em casa, depois das dezoito horas, não querem jantar e sim lanchar, o tal do leite com achocolatado e pão com queijo, ou biscoitos socias , ou pacotes de to sem tempo,  só aceitam jantar, depois das nove (21hs) eu acho tarde, eles acabam comendo pouco, e só por obrigação, porque no intervalo é um abre e fecha de geladeira e armário, pra pegar chocolate, mais biscoitos, outro pão com nutella, iogurte, mais um copo de suco, amendoim,  e porque não tem salgadinho?
Aí vocês vão me dizer, é só não comprar tudo isso! 
Sim, seria bem fácil se eu não tivesse sendo "observada" e "avaliada", contra mim tem um avô e uma avó, de olho em busca da guarda cada um de um neto, esperando só as reclamações da parte deles, e não vou mentir, os meninos estão muito mal educados, se sentindo coitados, não querem ir a escola, porque a avó acha que não precisa ir a escola, encontrar um bom trabalho é sorte, "deixa os coitadinhos em casa", não sabem fazer nada em casa, porque claro a empregada deles que eles chamam carinhosamente de "vó" sempre fez tudo pra eles e considera um absurdo criança ter que fazer qualquer coisa, eles não pediram pra nascer, agora temos que mimá-los e torná-los insuportáveis, do outro lado, tem o avô, que acha que tem que ir a escola, que tem que ajudar em casa, mas também tem que comer o dia todo, fome dá em qualquer horário e eles podem e devem comer o que querem na hora que bem entenderem, ele não lembra que tem o colesterol lá em cima e que minha mãe morreu por pensar assim. Ele ainda acha que eu "regulo" comida porque não tenho dinheiro, que eu tenho que me virar e deixar todas essas bobageiras a disposição dos meninos.
Pra melhorar a situação, eles ligam diariamente, pra conversar com os meninos e terem certeza de que não está faltando nada, basta uma queixa e lá vem reclamação na minha orelha.
Isso tudo no meio de uma mudança de escola, de cidade, de rotina, com uma pessoa diferente na história... só pra citar o minimo, por isso resolvi tomar algumas providencias, pra organizar o situação sem sobre carregar os meninos que não tem culpa de estarem no meio do fogo cruzado. Primeiro vou desligar o telefone, cancelar, eu não uso mesmo, só servia pra eu conversar com eles antigamente, agora só pra dar dor de cabeça, sem informações fica mais difícil, quero ver essa gente ligar no meu celular e ficar horas ouvindo conversa de criança.
Segundamente - Vou convocar uma reunião em casa, explicar pra eles a situação e pedir ajuda pra montar o cardápio, cada um escolhe a comida de um dia.
Quanto ao lanche da escola, vai levar de casa, e só uma vez na semana vai levar dinheiro.
Já que querem dormir e acorda tarde, vou preparar um cardápio mais reforçado para a manhã, incluindo proteína e frutas.
Quando chegarem da escola, o jantar já estará na mesa. Sem opções. 
Logo após o jantar terão no máximo duas opções de sobremesa, agora no incio, mais adiante nem haverá sobremesas  diariamente, só aos fim de semana.
Antes de dormir, por volta das 22 horas, servirei uma ceia, pra dormirem alimentados.
Vou reduzir e muito minha compra, quero só ver como vai ser.
Estou olhando meus cadernos de receitas,  cardápios antigos de trabalho,e é claro  muitos blogs, peço a permissão de vocês para linká-los ao meu humilde cardápio nas próximas postagens, assim quem precisar também de sugestões, já encontra o planejamento e a receita, pode ser???

Pra quem tem pressa e não pode esperar até minha pseudo folga, aqui vai outra vez o link do Tomando uma Chavena de Chá já direcionado para o menu da semana!


11 de mar de 2012

Crostata de Morangos



Agora que tenho morangos sobrando, tenho que rebolar pra encontrar o que fazer com os mais desajeitados, ninguém aguenta mais comer morango com creme de leite, com brigadeiro, nem com iogurte, o negócio é apelar pras tortas, to pensando até em produzir geleia...
Pesquisando encontrei a Crostata di Marmellata, uma torta de origem italiana, que leva um doce concentrado no recheio, nesse caso adivinhem?! Morangos.
Apresenta-se como uma tarte baixa com cobertura de treliça e recheio de geleia ou puré de frutos. A massa usada é a pasta frolla (de origem italiana) que confere uma consistência crocante ao exterior da tarte, fazendo um delicioso contraste com o recheio cremoso, aromático e delicado. 
Eu não sei o que fiz que minha treliça ficou sem sentido algum, alias eu sei, falava ao telefone enquanto fazia...





 Massa - Pasta frolla:
220 g de farinha
100 g de manteiga sem sal, gelada e picada
60 g de açúcar
Raspa de limão ou laranja q.b.
1 pitada de sal
1 ovo + 1 gema (ligeiramente batidos com um garfo)

No processador coloque a farinha, a manteiga, o açúcar, as raspas de limão e o sal. Ligue o aparelho e processe até obter uma mistura grossa e areada. Aos poucos, vá acrescentando a mistura de ovos,  processando, até que uma massa se forme. Transfira a massa para uma superfície levemente enfarinhada, amasse, delicadamente, até obter uma massa homogénea (se for necessário, e tendo em conta que o tamanho dos ovos pode influenciar a massa, junte mais 10-15 g de farinha, no entanto, a massa deverá ser bastante mole). Em seguida faça uma bola com a massa, embrulhe-a em um plástico e leve a geladeira durante 2 horas (isto fará com que a maça endureça). 

Recheio - Geleia de Morangos
600g de morangos, sem os cabos e cortados ao meio no sentido do comprimento
1 ¼ xícaras (250g) de açúcar refinado
1 pedaço de casca de laranja de 10cm
suco de 1 laranja
1 pedaço de casca de limão de 5cm
suco de ½ limão
2 colheres (chá) de gengibre fresco ralado
1 ovo batido, para pincelar a massa
2 colheres (sopa) de açúcar 

Coloque os morangos numa panela grande e junte o açúcar, as cascas e os sucos de laranja e limão, o gengibre. Leve ao fogo médio-alto, mexendo até dissolver o açúcar, e então deixe ferver. Cozinhe, mexendo ocasionalmente, até que a mistura engrosse e fique parecendo uma geléia (10-15 minutos) – quando mexer, amasse as frutas com uma espátula de silicone para que soltem seus sucos. Deixe esfriar completamente. 

Montagem 
Pré-aqueça o forno a 180°C. Abra 2/3 da massa numa superfície levemente enfarinhada até obter 3mm de espessura. Forre uma forma de torta, untada com manteiga, com a massa e remova os excessos. Coloque o recheio na massa. Abra o 1/3 de massa restante, novamente na espessura de 3mm, e corte tiras, longas o suficiente para cobrir a torta. Arrume-as sobre o recheio formado uma espécie de treliça, pressionando-as na beirada da massa para selar bem. Retire os excessos. Pincele a massa aparente com o ovo batido  e polvilhe com o açúcar. Asse até dourar e ficar crocante (40-45 minutos).
Deixe esfriar na forma antes de servir.

Apesar de na primeira fatia estranharem pelo sabor do gengibre, a torta foi aceita e acabou rápido 

9 de mar de 2012

Torta de Batatas ou Nhoque de Forno


Um dos grandes desafios que encontrei na cozinha e  que talvez seja  o grande barato de cozinhar
é fazer os mesmos ingredientes, os tais da esta básica ficarem com cara e sabor diferentes a cada vez que são preparados.
Nunca vi crianças pra gostarem de carne moída como os meninos aqui de casa, pra sorte do moedor de carne, eu não gosto tanto assim, mas não escapo de uma vez por semana comer o "boi ralado".
Haja criatividade pra preparar a carne, vira hambúrguer, vira almondega, molho a bolonhesa, chili,  recheio de panquecas, de tortas, santa versatilidade batman!
Desta vez inventei que faria o tal do nhoque da sorte na semana passada, comprei tudo pra preparar e durante o dia os imprevistos, me fizeram desistir da sorte, ou melhor do nhoque, no outro dia eu não iria fazer só de pirraça, ficar abrindo massa na mesa enfarinhada pra depois jogar na água quente, esperar subir, regar com azeite e espalhar molho, não mesmo.
Então peguei a receita do nhoque que sempre faço, aquela simples com meio quilo de batatas cozidas e espremidas, 2 colheres de sopa de manteiga, sal, 2 ovos, e 1/2 xícara de farinha de trigo.
Cortei a farinha de trigo, adicionei os ovos quando as batatas já estavam mornas, misturei bem e reservei.
Numa panela grande aqueci o azeite, refoguei uma cebola, juntei meio quilo de carne moída, temperei com tudo que havia no armário e geladeira, catchup, mostarda, páprica, molho shoyo,salsa, alho , despejei uma lata de molho pronto, deixei ferver pra ficar um molho encorpado.

Peguei minha wok, forrei com metade do purê de batatas, despejei todo o molho de carne, cobri com o restante de purê, cobri com queijo muçarela fatiado, polvilhei salsinha desidratada, reguei com azeite, pronto minha rebeldia estava pronta pra ir ao forno.
A intenção era gratinar, e não é que gratinou lindamente? E a massa de batatas cresceu ficou fofinha, quase como um souflé, uma delicia!!!
Essa foi a primeira vez na vida que minha preguiça me deixou mais feliz que meu trabalho.


Agora vem o desafio, o que vocês conseguem fazer com esses mesmos ingredientes, mande sugestões, que vou quebrando a cabeça aqui,se me mandarem a receita com fotos posto no blog, não esqueça de incluir uma foto sua e um link ou email para seu blog  ou site.

7 de mar de 2012

Batata Hasselback



Este prato sueco tem esse nome porque foi criado em um restaurante chamado hasselbacken, que fica em Estocolmo. As batatas são temperadas e ficam macias e crocantes por fora.


Mas isso não interessa, o importante mesmo é que é facílima de fazer, vai bacon, e vale por uma refeição, eu já perdi a conta de quantas vezes fiz, fiz errado, fotografei o preparo, esqueci de fotografar o prato pronto, e como boa teimosa que sou, não fui atras da receita, afinal não pode ter um modo de preparo tão incrível, algo de que leva meia dúzia de ingredientes, pois é, não tem nada de espetacular, só que a gorda aqui não pensou em diminuir o bacon pras batatas ficarem apresentáveis,  olhando minhas fotos e comparando com o vídeo vocês vão achar o erro.


Esse vídeo é de uma série de outros do Ogrostronomia, comida feita por homens de uma forma simples que qualquer um que goste de comer, vai gostar de fazer também, ou como eles se definem São quatro Ogros com diferentes gostos, diferentes formações e algumas paixões em comum: Mulher, Rock n' Roll, Álcool e comida.

Já preparei outras receitas segundo orientações dos vídeos, estou com a lista de compras pra preparar outras e garanto que quem assistir, no minimo vai ficar com fome 


Aproveitem e sigam também no facebook Eles tem salvado meu cardápio, só falta agora alguém se empolgar e resolver fazer uma receita assim tão complicada...


Não vou postar receita, assista o vídeo, e vá pra cozinha, aposto que será sua próxima refeição!!!



Me perdoem as batatas tão feias da foto, quando eu tiver vergonha na cara faço direito, com capricho e edito a postagem.


5 de mar de 2012

Filés de Peixe a Dore com Molho Tártaro



Nesses dias de calor tenho mais vontade de comer peixe, deve ser porque a digestão parece mais rápida, esqueçam que fiz nutrição e não me cobrem motivações para comer peixe, muito menos me lembrem que é uma preparação frita, ou seja em imersão de óleo ...
Sempre gostei desse prato ainda mais se tiver uma cervejinha pra acompanhar.
Desde que as crianças vieram morar comigo, ando improvisando, correndo atrás e fazendo das tripas coração pra não deixar passar um dia sequer sem uma refeição decente, eu sei que fazer um cardápio, e ter um bom planejamento ajuda, mas não consegui ainda por tudo em prática e só pelo fato de ter arroz e feijão diariamente na mesa já fico muito feliz, os meninos não podem fazer dieta do pão com qualquer coisa.
Bom pelo menos o blog agradece, pois tudo que eu ponho na mesa eles me perguntam se não vou fazer foto pra postar hihihihihi.



Para o Peixe: 
- 500gr de filé de merluza 
- suco de 2 limões 
- sal e pimenta-do-reino a gosto 
- ovos batidos 
- farinha de trigo 
- óleo vegetal para fritar

-Uso muito um tempero de salsa, cebola e alho desidratado
-molho shoyo


Molho Tártaro: 
- 150gr de picles picado
- 80gr de azeitonas verdes picadas
- salsinha e cebolinha a gosto 
- 5 colheres (sopa) de shoyo 
- 1/2 caixinha de creme de leite 
- 3 colheres (sopa) de mostarda Dijon 
- 1 colher (sopa) de catchup 
- 4 colheres (sopa) de maionese



Modo de Preparo: 
    Tempere os filés com o sal, pimenta e suco de limão, deixe tomar gosto por no mínio 30 minutos. 
    Passe na farinha de  trigo, no ovo e novamente na farinha de  trigo e frite em óleo quente.        Escorra bem em papel absorvente e arrume numa travessa.

    Molho: misture todos os ingredientes num bowl. Sirva junto com os filés.


Só uma salada verde, e arroz já acompanham bem, agora se você for a neurótica do feijão e acredita que criança tem que comer todos os dias, pode completar o prato com seu feijãozinho de todo dia!!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails