29 de abr de 2011

Bolo de Brigadeiro e Morangos

Bolo de homem é sempre mais difícil de decorar, ainda mais quando conhecemos pouco o homem, me encarreguei de fazer o bolo do cozinheiro da unidade onde estou trabalhando, que está de parabéns.
Na dúvida fiz um bolo delicioso, assim não tem erro!
Tirei as fotos para todo mundo entender e acompanhar o segredo do bolo de morangos.

Separe uma caixa de morangos para cada dois quilos de bolo, isso se os morangos estiverem bons, lavem bem por imersão, tire os cabinhos, corte e coloque numa tigela com um pouco de açúcar.

Tenha uma boa massa de bolo, da sua preferência, se possível asse um dia antes da utilização. Divida a massa em três partes ou mais, eu gosto de 3, para usar o recheio bem farto duas vezes, quem gosta de mais camadas e mais finas de recheio pode dividir em mais camadas.
Uma boa receita de brigadeiro, quase no ponto de enrolar, eu coloco uma caixinha de creme de leite para 3 latas de leite condensado e cozinho muito bem, ta aí o segredo, não adianta usar engrossantes, tem que ter um bom braço.


Eu monto o bolo na forma, me dá mais segurança, coloco uma fatia de massa, umedeço com calda, espalho os morangos picados, sem o caldinho que fica no fundo da tigela com o açúcar.

Então começa a parte ruim, espalhar o creme de brigadeiro sobre os morangos, espalhe bem, até rechear o bolo todo.

Repita a operação até terminar com massa umedecida, cubra com papel alumínio e deixe gelar por pelo menos 6 horas, considerando tudo frio, evite de trabalhar com recheios quentes, interfere na qualidade do bolo.

Passado o tempo, desenforme sobre o prato que será servido, espalhe mais creme de brigadeiro, ou sua cobertura preferida, decore com raspas e morangos.

6 de abr de 2011

A ré foi considerada des "culpada"


Se me mandarem escolher uma melhor amiga, aquela que está sempre comigo a qualquer momento, que me aconselha, que faz a diferença na minha vida, sem duvida e sem precisar pensar eu respondo: é a culpa.
Sabe aquela história de que a culpa é sua e você coloca em quem quiser?
Então, minha família achou muito simpático colocar toda a culpa de todas as desgraças da vida em mim.
Fui culpada por ter nascido sem ser planejada e dai por diante por tudo mais que puderem imaginar, desde a infedilidade do meu pai, pulando a cerca literalmente até a doença da minha mãe, passando pela culpa do meu irmão sair roubando carros pela vizinhança, afinal um rapaz de classe média que aparentemente tem tudo, só pode isso, por algum trauma causado pela irmã mais velha, que não deveria ouvir tanto rock dentro de casa, essas musicas desvirtuam qualquer um.
Medo de imaginar o que pode acontecer agora que ouço tanto matanza.http://www.matanza.com.br/
É claro que de todas acusações eu fui julgada culpada, fui punida com criticas de todas as espécies e abandonada pela família, infelizmente pra tristeza de todos, ele não podia me botar na rua.
Foram criados enredos tão perfeitos que até eu era capaz de admitir minha culpa e me sentia realmente mal por tudo.
Por dois bimestres não fui a melhor aluna da sala; Nunca gostei de lavar a louça, gostava mesmo de assistir sessão da tarde fazendo o dever de casa, e menina que faz isso vai crescer e e prostituir, filmes só ensinam coisa errada, seu marido vai te abandonar e te trocar por uma boa dona de casa.
Alias, pra que estudar mesmo?
Vai crescer, se juntar com um bandido, não vai prestar pra nada nunca, só vive lendo e com o rádio ligado. Nem vou postar o resto do comentário para que aquele que se diz meu pai não seja preso por
racismo, mas deveria.
Hoje eu me culpo por aos 16 anos quando fui obrigada a escolher entre o casamento e a rua, não ter escolhido a rua, minha história poderia ter sido como a da Bruna surfistinha, e teria sido com orgulho, não me sinto menos puta que ela após 16 anos de casamento pra terminar o segundo grau técnico, pra tentar sobreviver e dar um lar para os meus filhos.
E por falar em casamento se eu tivesse apanhado quieta, cada vez que queria voltar a estudar ou começar a trabalhar, não estaria hoje apanhando do meu pai, porque ele acredita que pode me botar na rua pra conseguir mais dinheiro, e tudo pensando no confortos dos meus filhos, que ele tirou do quarto deles pra dormir na sala e acredita que 2 camas vão fazê-los mais felizes que um bicama.
Se eu estivesse casada poderia sair pra trabalhar e deixar os meninos com a avó como toda mãe que trabalha fora faz, poderia até quem sabe fazer o cursibnho a noite e tentar uma faculdade, mas não, eu cansei de apanhar, tenho que abandonar o cursinho e me sujeitar as exigencias de ex marido e pai machistas.
Tá me falatando alguma coisa?
Pra que querer mais do que o que comer?
Hoje eu saio pra trabalhar e apanho do meu pai porque os meninos estão ababndonados e tem louça suja na pia, se eu fico em casa também apanho porque sou vagabunda e tenho que ter consiencia que tenho 3 filhos pra criar, dinheiro não cai do ceu e a porra da casa é dele. Eu deveria ter vergonha na cara e sumir da vida de todos.
Ouço sempre que meus filhos me odeiam, que não posso nem pensar em namorar, que não tenho onde cair morta, que sou a vergonha da família.
E quer saber?
Vou mesmo mudar minha vida,  vou fazer o que eles querem, não deve mesmo estar certo o que eu faço, tanta gente reclamando e me batendo.
Eles querem guerra, terão guerra, um já saiu com o nariz quebrado, o outro se levantar a mão pra mim, ou se me ofender outra vez, esqueçio que tenho pai e enfio lhe a mão na cara também, e quando terminar vou direto pra delegacia.
Mudei de casa, apertei 5 comodos em 3, pra ele ter mais dinheiro, que ele alega ser pelo conforto dos meninos, eu não sei se choro ou se dou risada, até os meninos não entendem.
Devolvi o vale coxinha dele, porque por 250,00 uma puta que se preze trabalha um dia e não cria vinculos, se ele acredita que me sustentava com isso, e esse valor lhe dava o direito de me bater e definir minha vida, pronto, ele não me dá mais nada.
Vou trocar as fechaduras da casa e proíbi-lo de entrar nos meus 3 comodos, são meus segundo o inventário, preciso de privacidade e não quero mais ele por perto enlouquecendo meus filhos como fez comigo. Vou determinar onde é ou não confortável pra os meninos dormirem, bem como o cardápio do dia. Não adianta chegar com um monte de besteiras em casa, que os meninos só vão comer na hora certa. Bem como eu decidio quem mora comigo.
Vou deixar louças na pia e só lavar no outro dia, vou delegar funções para os meninos, e olhar os cadernos a noite, porque eu sou uma mãe que trabalha e com muita sorte e organização estuda e namora, quem julgar errado pode conviver com a culpa de ter me criado errado ou pode procurar um bom advogado.
Afinal a culpa é minha e eu boto em quem eu quiser.
E quer saber mais FODA SE !!!

1 de abr de 2011

Não é mentira, é brigadeiro com menos calorias!!!

No dia primeiro de abril já acostumamos de olhar tudo de forma desconfiada, será que é mesmo?
E eu garanto, é sim, tem menos calorias, mas auto lá! É um brigadeiro light, ou seja, tem menos gorduras, e se comparado a um brigadeiro preparado com chocolate tradicional, ou achocolatado em pó, também tem mesmos açúcares, o que dá uma redução de até 40% de calorias. Não é diet, não é indicado para diabéticos. Bom vou aproveitar para tentar esclarecer uma grande duvida de diabéticos, que devem ter uma dieta restrita de açúcares, massas, carboidratos em geral, quando a pessoa tem diabetes, significa que o pâncreas não produz total ou parcialmente a insulina suficiente para "digerir" esses "açúcares" que vão para o sangue, deixando o mais denso e causando uma série de consequências  inversíveis para a saúde. Pra isso o paciente toma ou aplica a insulina para que possa se alimentar sem exagero de algum docinho esporadicamente, entenderam?
Não vão sair dizendo que eu disse que pode comer, é preciso ter muito bom censo, afinal é da saúde que estamos falando, se você já sabe que comeu um pão pela manhã, vai comer arroz no almoço, não pode comer doce a tarde em hipótese alguma, nem pensar em sobremesa e nem em pizza para o jantar.  A regra vale também para quem quer emagrecer, é uma questão de equilibro, uma brincadeira dessa para quem tem diabetes, pode custar a visão, a amputação de um membro e até a hemodiálise, acompanhei tudo isso de perto e não desejo a ninguém.
O negócio é prestar muita atenção nos rótulos na tão famosa informação nutricional, conversar com médicos e nutricionistas e controlar a alimentação.
 Na duvida, não coma, deixe para outro dia.

Brigadeiro Light
1 lata de leite condensado light
4 colheres de sopa de cacau em pó
60 grs de chocolate diet meio amargo
1 colher de sopa de margarina ligth
+ 2 colheres de sopa de cacau em pó para enrolar os doces.

Modo de Preparo:
coloque numa panela de fundo grosso, o leite condensado light, o cacau em pó, o chocolate em barra diet e a margarina ligth, leve ao fogo brando mexendo sempre até soltar do fundo da panela.Despeje num prato e deixe esfriar. Faça bolinhas com as mãos levemente umedecidas em água, e passe no cacau em pó.

Rendimento - 20 brigadeiros em bandejinhas numero 5.
Um doce é suficiente para matar a vontade.Como estou atrasada, não dá tempo de calcular o valor nutricional, faço isso assim que tiver tempo e edito a postagem.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails