22 de mar de 2011

Receitas Ilustradas


Eu só não ganho dinheiro, mas trabalhar eu trabalho, estou pensando sériamente em descartar de vez a gastronomia e o jornalismo e fazer TI, pra mudar definitivamente isso.
Estou aqui, cancelando encomendas porque não tenho um carro pra fazer entregas, mas se eu não trabalho não terei dinheiro nunca pra comprar um carro, mas sem um carro, não adianta produzir porque o produto não chega no cliente. E tostines, vai bem?
Apesar da minha "loirice" e do professor de química jurar de pé junto que eu tenho menos neurônios que a mãe morena dele, eu não paro de pensar, de tentar, xeretar, experimentar e inventar moda, claro, sou leonina, o que tem a ver? Não sei, é só desculpa mesmo. Há quem me chame de nerd, já disse e insisto, não sou, nerds são os outros.
Como sempre fui frustrada com desenhos, faço um coração que parece um sol e vice versa, vou arriscar e queimar meus últimos neurônios desenhando uma receita.
Acho tão lúdico, parece tão divertido e as crianças estão cheias de lápis de cor, tem até prata!!!


Encontrei alguns sites que ensinam, é claro que assim eu já pensei em fazer, queria era fazer no paint ,sei lá, tem outro programa pra isso sem ser o photoshop?
Aceito dicas, sugestões, tutoriais e afins .
Se der certo vou fazer meu livro todo sozinha.

21 de mar de 2011

Temaki e Dieta Coletiva


Pesquisando e calculando descobri que um temaki de kani, como os que eu fiz, tem em média 110 cal, o que não é muito se apenas um matasse a fome de um sábado a noite, antes da balada, foram 3, pra sair satisfeita, acredito que o maior problema da culinária oriental é o shoyu, ou o glutamato monossódico, o restante da pra encarar de boa.
Aprendi a fazer sushi já tem um tempo e depois de ver um vídeo de temaki, resolvi me arriscar e fazer também, não ficou perfeito, mas enganou bem. Depois teve show, chuva e cerveja, o saldo foi positivo, principalmente porque não precisei colocar a mão no bolso.

Vocês já conhecem meu péssimo gosto musical, então vou poupá las de vídeos da banda.
Descobri que hoje começou o outono, e que será muito mais frio que o desejado, se eu já estava mofando no verão, vou ter que tomar providencias para não esverdear de vez até a primavera.
Roupas, eu já descobri que não tenho, não sei comprar e nada combina com nada no guarda roupa, preciso de uma personal stilist para me salvar, isso claro, depois de um trabalho altamente rentável, e alguns quilos a menos, antes disso não compro nem meias.
No sábado ganhei um crédito para comprar uma roupa bacana e quentinha, rodei por uma avenida de lojas e não encontrei nada que me agradasse, decidi então que não vou mais sofrer por isso, me mato logo e resolvo.
Essa semana já posso mudar minha cozinha para o Tatuapé e me preparar para começar a produzir muitos cupcakes, também tenho que mudar de lugar aqui na casa e fazer essa casa funcionar, colocar tudo em ordem, assinar meu divórcio e o inventário.
As coisas estão se encaminhando, continuo me sentindo muito sozinha e ocupada, e acredito que deve ser assim com todo mundo. Quando aperta o cansaço ou a solidão, penso numa frase que li em algum lugar, claro, eu nunca lembro onde, já é um milagre eu lembrar a frase: "O empresário é a pessoa que vive um bom tempo como ninguém quer, pra curtir o resto da vida, como todo mundo deseja."
É com esse pensamento que começo a semana, fazendo inveja a todas vocês, hahahahahahahaha.

Temaki de Kani

Arroz:
2 xícaras chá de arroz para sushi
3,5 xícaras chá de água
1/2 xícara chá de vinagre de arroz
3 colheres de sopa de açúcar
1 colher chá de sal
2 colheres de sopa de saquê de uso culinário (opcional)

Deixe o arroz de molho por 30 minutos, lave bem. Numa vasilha misture o vinagre com o açúcar e o sal. Reserve.
Cozinhe o arroz em fogo brando até ficar bem inchado. Coloque o ainda quente em uma bacia plástica e vá despejando devagar a mistura de temperos, mexa bem. Deixe esfriar.

Folhas de Nori ( algas)
1 embalagem de kani desfiado
1 pote de cream cheese
salsinha desidratada
wasabi
pepino em tiras
folhas de alface
molho de soja a gosto
1 pote com água

Modo de preparo
  • Coloque a folha de nori sobre a palma da mão (lado brilhante para baixo).
  • Molhe a ponta dos dedos da outra mão e espalhe o arroz até a metade da folha de nori.
  • Passe o wasabi e o cream cheese com a salsinha no arroz.
  • Acrescente o alface,o kani e o pepino.
  • Enrole tudo, formando um cone, e sirva acompanhado do molho de soja. 

PS1- As fotos foram feitas pela Jacqueline, a mesma que está na foto comigo, minha amiga comissária, que vai me levar pro Rock in Rio e que sempre dá um jeito de me arrancar de casa, nem que seja pra dar uma volta de taxi.

PS2- Muita gente leu e comentou a postagem anterior sobre direitos e deveres, já estou preparando uma próxima postagem, aceito sugestões.

16 de mar de 2011

Direito, você conhece os seus???

Hoje acordei cedo e revoltada, o que eu previa aconteceu, o dinheiro acabou. Pouco trabalho, muitos projetos para investir e em andamento, nada que me traga uma renda para que eu possa criar meus filhos, que muito embora, eu saiba que tem muito mais que eu tive para crescer forte e inteligente, sei que falta muita coisa. Também sei que não cresci assim tão forte e inteligente, ou não estaria fazendo o cursinho pré vestibular aos 34 anos, correndo o risco de nunca me formar se o mundo acabar em 2012.
Hoje me enxergo muito importante, tanto quanto meus filhos na minha vida, se eu não me cuidar, me preparar, me impor, exigir não vou ter o que comer, nem meus filhos.
Muita gente que segue o blog, nem vai ler essa postagem, não tem foto, nem receita, trata-se de um texto longo e cansativo, não desimportante.
Não importa o quanto eu resmungue, reclame e trabalhe, nada vai mudar, porque sempre haverá um espertinho, que vai se achar na condição de me lesar, porque sou mulher, porque sou loira, porque eu existo ou porque é claro, ele acredita que precisa mais que eu, e o mundo é dos espertos.
Onde é que se estuda pra ser esperto???
Num país de muitos conformados e poucos espertos, é prioridade, manter todo o qualquer bem longe da escola, e corromper todos possíveis cidadãos que vão a escola, esses atendem pelo singelo nome de "advogado". Como eu disse, não são todos corrompidos, alguns sobrevivem nadando contra a maré e ajudando pessoas.
Pessoas que pedem socorro, e dias depois voltam a seu conformismo, engolindo tudo que lhes é enfiado goela abaixo.
Até que a água bata na bunda novamente.
Sempre tive a fama de briguenta e encrenqueira. Olho para mim e me pergunto: - A troco de que???
Não tenho nada de que me orgulhe ter feito. Sem dramas, só fiz o óbvio, o que estava alí explicito, e você corre atrás dos seus direitos? Se preocupa e intima seu vizinho???
Algumas vezes prejudicamos outras pessoas sem saber, sem querer, por indução de terceiros, que lucram no momento e as partes que se virem depois.
Vou tentar aqui no blog, não decidi a frequência ainda, pois não sei como será minha vida na semana que vem, a esclarecer e motivar as pessoas a irem buscar seus direitos, dominarem suas vidas e seu dinheiro.

Vocês sabiam que quando compram um bem de uma pessoa/empresa, tem que exigir certidões de" nada consta" para vários órgãos afim de comprovar que não há pendências ou restrições nem no nome da pessoa ou do bem, pois assinando a compra você assume inclusive dividas pessoais?

Pois é!

Políticos, advogados, corretores, funcionários de cartórios, deveriam informar a cada compra realizada, a cada registro de bem, mas não fazem, e geralmente dá problemas.

Não sou uma estudiosa das leis, vou contando o que vivencio e aprendo, uma pesquisa rápida no google pode esclarecer. Encontrei esse link -


Para quem vai comprar um imóvel é muito importante que, antes de concluir a venda ou assinar qualquer papel, esteja certa de que o vendedor do imóvel não possui nenhum problema com a justiça, tão pouco o próprio imóvel esteja livre e desembaraçado.
Para ajudar, segue abaixo uma lista de documentos necessários para a concretização de uma compra e venda, considerada feita na boa fé:
a) Carnê do IPTU, do presente exercício com as parcelas vencidas devidamente quitadas;
b) Certidão de filiação vintenária, com negativa de ônus e alienações, atualizada, expedida pelo Cartório de Registro de Imóveis competente;
c) Certidão negativa de Impostos da Prefeitura até o exercício do ano vigente;
d) Certidões negativas de Ações Cíveis e de Família, atualizadas, em nome do VENDEDOR, pelo período de 10 anos;
e) Certidões negativas de Executivos Fiscais Municipais e Estaduais, atualizadas, em nome do VENDEDOR, pelo período de 10 anos;
f) Certidões negativas dos Cartórios de Protesto, em nome do VENDEDOR, atualizadas, pelo período de 5 anos;
g) Certidões negativas da Justiça Federal, atualizadas, em nome do VENDEDOR, pelo período de 10 anos;
h) Certidão negativa da Justiça do Trabalho, em nome do VENDEDOR;
i) CIC e RG do VENDEDOR (cópia autenticada);
j) Certidão de casamento em nome do VENDEDOR (cópia autenticada);
k) Cópia autenticada do comprovante de endereço do VENDEDOR;
l) Demais documentos, aqui não mencionados, poderão ser solicitados pelo XX (órgão financiador), responsável pela liberação do crédito, para esclarecimentos ou complementos, dos acima relacionados.
A compra na 'boa fé' configura-se quando, no ato do contrato de compra e venda do imóvel, constar todos os documentos relacionados acima, como Certidões Negativas. Estas certidões irão compor a lista de documentos, e lhe dará garantias de concretizar a compra. Caso algum documento apresente uma certidão positiva, deve-se levantar o motivo - em caso de ações judiciais, vale a pena solicitar a Certidão de Objeto em Pé, que mostrará o andamento do processo, e o quanto arriscado pode ser comprar aquele imóvel ou não. Se no ato do registro do imóvel não constar estes documentos anexados, junto a escritura definitiva, corre-se o risco, quem comprar, de perder o imóvel futuramente, ou por uma ação de despejo, hipoteca, ou qualquer outro que a justiça determine.
Portanto, fique atenta à compra de um imóvel. Para quem batalha a vida inteira e investe numa casa própria, costuma ser a economia de uma vida! Um patrimônio que deve ser cercado de garantias.

Vou levar minha fama de briguenta ao pé da letra, mas vou brigar com os meus direitos e vou cobrar mesmo, não está do jeito que eu quero, não assino.
Agora sim vão reclamar com razão!

Ah se houver algum advogado que queira participar, com uma notificaçãozinha pode me mandar um email, que eu posto aqui, não espere alguém quebrar a cara primeiro.

Em breve vamos fazer política.

Cookies de Aveia


A-Ha!!! Uma receita mais saudáve!!! E famosa!!!  É a preferida do presidente Clinton, uma vez presidente, sempre presidente, engraçado é você depois de 25 anos encontrar seu professor de matemática da 7° série, que nem é tão mais velho que você, principalmente se levar em consideração a idade do seu namorado mais novo, e ainda o chamar de "Professor". Pior mesmo é voltar a estudar depois de 18 anos sem entrar numa escola e ter professores mais novos e mais nerds que você, e ainda assim ter que chama-los de professor.
Voltei a estudar, meu cursinho começou essa semana, e estou me divertindo muito, minha memória não está tão ruim quanto eu pensava, e minha teoria foi comprovada - " Se não lembro é porque não aprendi" Entrei lá querendo uma bolsa integral pra gastronomia, vamos ver quais serão os meus planos quando concluir, se me conheço bem será medicina na USP.
Não sei ainda de onde vou tirar dinheiro e tempo para esse cursinho, afinal no começo tudo é uma beleza, depois aperta, se tudo der certo e está dando, em abril começo a trabalhar com os cupcakes, mas eu não sou peru de natal, pra sofrer na véspera.

Para aproveitar minha futura intenção de ser médica, aqui vai uma boa dica de saúde, a aveia, para quem quer emagrecer ou não, é bom consumir diariamente, é um alimento funcional, e só proporciona esses benefícios aqui:
  • Reforça o sistema imunológico e combate infecções
  • Melhora o funcionamento do intestino
  • Controla a quantidade de açúcar no sangue
  • Diminui o colesterol ruim
  • Controla a pressão arterial
  • Acalma os nervos e melhora a concentração e o esgotamento mental
  • Ajuda acalmar e suavizar a pele em casos de eczemas, dermatites atópicas e urticária.
  • Ajuda a facilitar a digestão
Agora com tantos bons motivos, copie a receita e vá preparar esses cookies garantindo assim uma boa dose de saúde e felicidade no seu dia.  Quer ver felicidade, divida com as crianças, eles elogiam tanto que você vai se sentir a melhor mãe do mundo, se já não é!!!

Cookies de Aveia
 Receita do Techinicolor Kitchen   ( é como se a Paty fosse minha professora de lanchinhos maravilhosos)

- xícara medidora de 240ml

Passas gorduchas:
1 ½ xícaras (232g) de passas claras (só tinha escura, da cesta de natal)
¾ xícara (180ml) de vinho branco seco
3 colheres (sopa) de suco de laranja fresco
1 ½ colheres (sopa) de rum escuro (usei conhaque, era o que tinha)
3 colheres (sopa) de açúcar refinado ( não adicionei açúcar)

Cookies:
1 ½ xícaras (210g) de farinha de trigo
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
198g de manteiga sem sal, temperatura ambiente ( arredondei para 200g)
1 xícara (200g) de açúcar granulado ( usei o demerara, tb era o que tinha disponível)
1 xícara (175g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
1 ½ colheres (chá) de noz-moscada ralada na hora
¾ colher (chá) de canela em pó
2 ovos grandes, temperatura ambiente
3 xícaras (354g) de aveia em flocos
1 receita (1 ½ xícaras) de passas gorduchas

Comece preparando as passas gorduchas: misture as passas, o vinho, o suco de laranja, o rum e o açúcar numa panelinha de fundo grosso. Leve ao fogo médio até ferver, mexendo sempre. Abaixe o fogo e deixe ferver em fogo baixinho por 20 minutos.
Retire do fogo, cubra a panela com filme plástico e deixe esfriar completamente. Se não for usar as passas em seguida, transfira para um pote hermético e guarde na geladeira por até 2 semanas.

Agora, os cookies: pré-aqueça o forno a 180°C; forre duas assadeiras grandes, de beiradas baixas, com papel manteiga (uso o fundo das formas de bolo). Numa tigela, peneire a farinha e o bicarbonato juntos. Reserve.
Na tigela grande da batedeira, bata a manteiga em velocidade alta até obter um creme amarelo claro, cerca de 2 minutos. Raspe as laterais da tigela e os batedores com uma espátula de silicone. Junte o açúcar granulado, o açúcar mascavo, a noz-moscada e a canela. Bata até obter um creme e raspe novamente as laterais da tigela.
Junte os ovos, um a um, raspando a tigela a cada adição. Bata em velocidade baixa por 15-30 segundos ou até incorporar os ovos. Ainda em velocidade baixa, adicione os ingredientes peneirados, batendo até que a massa os absorva. Acrescente a aveia e as passas.
Coloque porções de 1 colher de sorvete nivelada de massa por cookie nas assadeiras preparadas, deixando 5cm de distância entre uma e outra. Asse por 10 minutos, gire a forma, e então asse por mais 5-8 minutos ou até que estejam bem dourados. Retire do forno e, com jeitinho, deslize o papel para fora da forma diretamente para a pia/bancada. Deixe esfriar completamente.
Os cookies podem ser guardados por até 3 dias num recipiente hermético em temperatura ambiente.
Rendimento - 80 cookies pequenos ( renderam 25 gigantes)

14 de mar de 2011

Bolinho de Arroz de Batata


Acho que assim com preguiça eu consigo ser mais sucinta e mandar ver nas postagens. Tenho um caso de amor com bolinho de arroz, sempre tentava fazer e não dava certo, até que uma vez, comprei cervejas e convidei uma amiga japoneza a Simone, para me ensinar, já que ela preparava uns bolinhos sensacionais, dentre muitas coisas os japoneses entendem de arroz.
Estou muito preocupada com essa amiga, e Simone se você puder manda noticia, sim ela está no Japão e não conseguimos entrar em contato ainda.
Fiz essa receita que copiei da Fabiana - Do Sonho doce, sonho , também japonesa !!!
Como ninguém reclamou e não sobrou um pra contar história, acho que já aprendi.


Bolinhos de Arroz e Batatas
Massa(rende 26 bolinhos feitos com 1 colher sobremesa de massa crua):

  • 2 batatas médias, cozidas, espremidas em purê
  • 50 g de parmesão tirolez ralado (é o seu sal na receita)
  • pimenta-do-reino
  • orégano
  • cebolinha verde picada à gosto (usei salsinha)
  • 2 copos de requeijão de sobras de arroz cozido
  • 1 ovo inteiro
  • 4 colheres (sopa) farinha de trigo
  • 1 colher (chá) fermento em pó 
Outros:
  • recheio - cubos de mussarela (usei provolone defumado tirolez) 
  • farinha de trigo - para empanar 
  • óleo  para fritar

1 - Esprema as 2 batatas quentinhas imediatamente tempere com Parmesão, pimenta-do-reino, orégano e cebolinha verde.

 2 - Acrescente o 2 copos de requeijão de Sobras de Arroz Cozido, 1 ovo inteiro e 4 colheradas de sopa de farinha de trigo.
3 - O resultado é esse Purê cheio de gruminhos de Arroz Cozido.

4 - Opção 1 Recheado - Precisa de um Potinho com Farinha de Trigo - Pegue 1 colher de sobremesa de massa crua, despeje na farinha, só de 1 lado. Do lado que não tem farinha coloque 1 cubo de mussarela, modele Bolinha ou Croquetinho, a farinha a juda e pronto. Não precisa de + nada de empanado.

5 - Opção 2 Rapida sem Recheio - Use 2 colheres de sopa, vá passando a massa de uma colher para outra até ele nascer Triangular como um Bolinho de Bacalhau. Despeje direto no óleo quente.
Para essa opção acho que vai muito bem adicionar uma lata de atum, escorrido.
6 - Frite no óleo quente.

Algumas Observações - é fritura, dã! É sempre bom lembrar que o óleo tem que ser novo, óleo aquecido muito tempo por altas temperaturas libera substâncias cancerigenas.
Não jogue o óleo na pia, nem no lixo, guarde em garrafas pet e procure um local para doar, alguns lugares retiram o óleo em casa, avise os vizinhos.



11 de mar de 2011

Cupcake Vintage


Nunca fui muito romântica mas desde menina queria um bolo com cara de bolo, gosto de bolo, só fui descobrir depois de adulta o que eu queria!!!
Esse cupcake me pareceu perfeito, em sabor e aparência.
Acho lindo os trabalhos feitos em pasta e já experimentei de todos os sabores possíveis nem o de avelã salva, foi então que resolvi experimentar aquela receita do docinho de leite em pó, para cobrir o cupcake.
E deu certíssimo, não está perfeitamente modelado, não fui pra cozinha fazer isso, fiz uma encomenda e me sobraram alguns cupcakes e um pouco de massa do docinho. Sem contar que estou com febre e toda inchada, sem motivo aparente, ou seja estress, que nem sei o porque, com uma famíla maravilhosa como a minha, fica dificil não se estressar.
Ah! Só pra constar, hoje faz um ano que voltei pra São Paulo.
Como o docinho recebe muitos elogios e encomendas acredito que ele seja delicioso, mas não confiem na minha opinião, façam!
Vou deixar as receitas completas, divirtam se!!!

Cupcake de Baunilha:
 Rende 24 cupcakes
3 xícaras de farinha de trigo
1 colher de chá de fermento em pó
2 xícaras de açúcar
200 grs de manteiga em temperatura ambiente
4 ovos
1 xícara chá de leite
1 colher de chá de extrato de baunilha
1 colher de sopa de vinagre branco

Modo de Preparo:
Misture a farinha com o fermento. Reserve.
Coloque o açúcar na tigela da batedeira, junto com a manteiga e a baunilha e bata bem até ficar fofo. Adicione os ovos um a um.
Misture o vinagre e o leite para talhar, e acrescente alternando com a farinha, batendo na velocidade minima.
Despeje a massa em forminhas de cupcakes e leve para assar.
Retire do forno, deixe esfriar sobre a grade e recheie.

Bicho de Pé cremoso

1 lata de leite condensado
2 colheres de sopa de gelatina de morango
1/2 caixa de creme de leite (100ml)
1 colher de sopa de manteiga

Modo de Preparo:
Leve tudo ao fogo, mexendo sempre, até ferver e encorpar.
Deixe esfriar num recipiente de vidro.

Pasta de Leite em Pó


2 copos de leite em pó
2 copos de açúcar impalpável
1 lata de leite condensado
corantes alimentícios

Modo de Preparo:
Numa tigela coloque o leite em pó e o açúcar, misture e vá juntando o leite condensado aos poucos até virar uma massa bem homogênea e maleável.
Separe porções da massa e tinja com as cores desejadas

 Para esse cupcake usei ela natural para a base, marrom para a florzinha, novamente natural para a voltinha e rosa cereja  para a cereja.
Para se trabalhar com a massa deve se polvilhar açúcar impálpavel  sobre a mesa, cuidado com as cores escuras, só passe na parte de baixo pra não deixar tudo esbranquiçado.
Qualquer duvida é só deixar nos comentários que eu respondo rapidinho!!!

Festa Marrom e Rosa


Já falei aqui no blog sobre essa linda combinação de cores, tenho visto festas maravilhosas e até ajudei a produzir uma, descobri comunidade no orkut especializada, com temas variados sempre mantendo as cores.

A festa foi da Ana Beatriz, filhota da Flávia, que estudou nutrição comigo tem uns dias, somos praticamente recem formadas !!!
O tema foi Casa de Bonecas. Os rótulos e artes são feitos pela própria Flávia, ela anda montando lindos kits de papelaria para festas.


Por trás das letras da pra ver os doces, eu fui responsável pelas maçãs cobertas com chocolate, pirulitos com modelagem, macarrons, bicho de pé e brigadeiro de colher, docinhos de leite em pó em formato de cupcakes, cake pops, trufinhas,  torre de cupcakes, casquinhas com suspiros e camafeu de nozes, ufa!
Um trabalho que ficou lindo e delicioso!!!


Para entrar em contato com a Flávia - flaviagmfreitas@gmail.com
Para entrar em contato comigo - sandraperessp@gmail.com ou deixe comentário aqui!!!

3 de mar de 2011

Chocolate Crakle Cookies


Eu sou a pessoa mais teimosa do mundo em duas situações, uma é comprar, eu sei que tem todo o arquivo na internet, que eu não sei falar inglês, mas compro livro de culinária da Martha em inglês e fico dias abraçada com eles, sonhando em preparar tudo.
Outra teimosia é preparar pratos amanteigados no calor, pão no inverno, caldas em dias chuvosos e por aí vai, minha cozinha parece estar acima da previsão do tempo.
Nem vou falar em colocar muito conteúdo em pouca panela, isso parece já ter sido superado.
Eu preparei esses cookies num dia de muito calor, eu estava derretendo, imagina a receita que já não é muito firme. Aproveitem o tempinho chuvoso e gelado e mãos a obra, porque fica ótimo.

Chocolate Crakle Cookies

250grs de chocolate meio amargo derretido
1 1/4 de xícara de farinha de trigo
1/2 xícara de cacau em pó
2 colheres de chá de fermento em pó
1 pitada de sal
8 colheres de sopa de manteiga
1 1/3 de xícara de açucar mascavo claro
2 ovos
1 colher de chá de extrato de baunilha
1/3 de xícara chá de leite
1 xícara de açúcar de confeiteiro para enrolar.

Modo de preparo:
Derreta o chocolate, deixe esfriar. Peneire juntos a farinha, o cacau, o fermento e o sal.
Na batedeira com a raquete, bata a manteiga, o açúcar, até formar um creme fofo. Adicione os ovos , a baunilha e bata mais um pouco para incorporar bem. Raspe sempre as laterais da tigela.
Acrescente o chocolate derretido, e siga acrescentando o leite e os ingredientes secos, até homogeneizar.
Divida a massa em 4 partes iguais e embrulhe num plástico. Leve as porções de massa para gelar, por mais ou menos 2 horas.
Com a mesa polvilhada de açúcar de confeiteiro, abra rolos da massa e corte em pequenas porções.  Faça bolinhas e passe em mais açúcar de confeiteiro e leve para assar imediatamenteem forma forrada om papel manteiga,  em forno pré aquecido a 180°. Até que eles tenham se espalhado.
Tem mais orientações aqui  e aqui

Mudando de assunto, outra vez, ganhei um Kit da Mococa no blog da Paula Pacheco, o Mulheres a Vapor, minha manteiga do resto do mês está garantida!!!

2 de mar de 2011

Pancake Day, foi ontem...


...Mas não precisa esperar até o ano que vem pra fazer.
Já tem uns dias que entrei nuim curso intensivo e on line de panquecas. Eu sempre gostei e tentei fazer, mas apesar de todos devorarem em instantes, eu nunca estava contente com o resultado, sou mulher, eu sei.
A verdade é que eu sempre achando que sabia de tudo, não respeitava a receita e alterava algum ingrediente, o que deixava toda panqueca com a mesma cara, e eu também.
Mas ontem tudo mudou, e um novo mundo se abriu pra mim, um mundo onde as panquecas são perfeitas, e eu sei fazer!!!
Chega de euforia, não quero ouvir outra vez que sou prolixa.

Perfects Pancakes (hahahahahahahaha)

Recheio, cobertura, molho, complemento, chame como quiser, just do it!!!
6 maçãs fatiadas sem casa e sementes
1 xícara de acúcar demerara
noz moscada, cravo em pó e canela a gosto
1/2 xícara de melado
Leve tudo ao fogo, cozinhe até o ponto desejado, eu deixei mais pastoso, e decidi que ficaria melhor com mais calda.

Panckes
1 1/2 xícara de chá de farinha de trigo
3 colheres de sopa de fermento em pó
1 colher de sopa de açúcar
1 colher de chá de sal
1 1/4 xicara de chá de leite
1 ovo
3 colheres de sopa de manteiga derretida
Peneire a farinha com o fermento e adicione os demais ingredientes, misture bem, e utilize uma concha para despejar a massa na frigieira levemente untada com manteiga. Tampe a frigideira e deixe a panqueca assar, vire, tampe mais um pouco. retire e empilhe sobre um prato. Mantenha coberta com um pano de prato para manter aquecida.
Ela tem que ficar grossinha mesmo, fica muito parecido, com uma camada fina de pão de ló, que absorve todo o sabor da calda.
Eu não gosto de mel, pra mim tem que ser um doce de frutas, como o de maçãs que preparei, ou morangos com vinagre balsâmico, purê de pêras com gengibre, damascos, geléia de bananas com muito cravo, calda de chocolate com pimenta, ou conhaque, algo forte e não muito doce. Se tiver um azedinho ou ardidinho melhor.
Gosto não se discute. Até com fondant ela foi servida, e estava boa.


Mudando de assunto, não consigo me livrar de tantas calorias em casa, é açúcar, chocolate carboidrato que não acaba mais.Me restringi a dois tabletes de manteiga por mês, já acabaram e hoje ainda é dia 2.
Em breve no "eu sei disso", muito souflê de chuchu, mingau de aveia, calda de açúcar...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails